contando-a-arte-de-jocelino-soares

 

 

As imagens de Jocelino invadem nosso espírito de forma contraditória. Intrigam, afagam, ferem, deslumbram. As figuras de caboclas guerreiras nos fitam no fundo dos olhos, ora com um olhar de cobrança, ora de uma estranha complacência. Paisagens mansas sintetizam a beleza do campo. Onde o artista nasceu e cresceu. mas tambem denunciam um sonho rural de pose, irrealizado.

A maré criativa do artista se processa com a constância e volúpia das ondas e com a energia colorida de um dia que nasce no campo, fonte onde bebe o caipirismo marcante em sua obra.

Jocelino Soares: vida, obra e crítica / Mário Soler

Editora Riopretense – 1999

Deixe um comentário